Olimpíadas 2024

Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Libéria vai às urnas em teste para George Weah, que busca reeleição

Resultados finais da eleição serão divulgados em 15 dias; pleito escolhe presidente, representantes e senadores
O presidente da Libéria, George Weah, deposita voto durante eleições gerais do país, em Monrovia, 10 de outubro de 2023

Foto: Guy Peterson/AFP

13 de outubro de 2023

Na terça-feira (10), cerca de 2,4 milhões de eleitores foram às urnas na Libéria para escolher o presidente da próxima legislatura do país, além de 73 membros da Câmara dos Representantes — a câmara baixa do Legislativo local — e 15 senadores.

A expectativa maior das eleições liberianas paira sobre a possível reeleição do atual presidente do país, George Weah. O ex-astro do futebol tem como principal rival nas urnas o ex-vice-presidente liberiano, Joseph Boakai. Ambos se enfrentaram nas eleições de 2017. O mandato presidencial na Libéria é de seis anos.

Weah tornou-se famoso como jogador de futebol nos anos 1990. Eleito o melhor jogador do mundo em 1995, até hoje ele é o único africano a conquistar o título.

Além de Weah e Boakai, outros 18 candidatos também concorrem à vaga de chefe do Executivo. Caso nenhum dos candidatos obtenha maioria absoluta no primeiro turno das eleições, um segundo turno será realizado em novembro.

Votação e resultados

Nenhum incidente significativo foi registrado durante a votação, apesar de dificuldades enfrentadas por eleitores em meio às fortes chuvas no sul do país. No dia da eleição, um feriado nacional foi decretado na Libéria.

A contagem dos votos, ainda em andamento, teve início declarado pela presidente da Comissão Nacional Eleitoral, Davidetta Browne-Lansanah, diante da imprensa e observadores internacionais no estádio Samuel Kanyon Doe, na capital do país, Monróvia. Segundo Browne-Lansanah, os resultados finais da eleição devem ser publicados daqui a 15 dias. Resultados parciais serão publicados oficialmente durante o período.

Em meio a instabilidades políticas na região, observadores da Comunidade Econômica dos Estados da África Ocidental (Cedeao), União Africana (UA), União Europeia (UE) e dos Estados Unidos foram enviados ao país para acompanhar as eleições. “O dia da eleição foi calmo e bem conduzido pela Comissão Nacional Eleitoral e sua equipe em todo o país”, declarou o chefe da missão de observação da UE, Andreas Schieder.

Saiba mais sobre a Libéria

Localizada na costa ocidental da África, a Libéria tem cerca de 5,5 milhões de habitantes. Divididos em diversos grupos étnicos, a maioria de seus cidadãos são cristãos (85,6%) e muçulmanos (12,2%). A população tem uma idade média de 18 anos e expectativa de vida de 65,8 anos.

Três países fazem fronteira com a Libéria: Guiné (norte), Serra Leoa (oeste) e Costa do Marfim (leste). Segundo dados do Fundo Monetário Internacional (FMI), o Produto Interno Bruto (PIB) do país deve crescer 4,6% em 2023 e é atualmente estimado em US$ 4,35 bilhões (cerca de R$ 22 bilhões).

*Com informações da agência AFP

  • Redação

    A Alma Preta é uma agência de notícias e comunicação especializada na temática étnico-racial no Brasil.

Leia Mais

Quer receber nossa newsletter?

Destaques

AudioVisual

Podcast

papo-preto-logo

Cotidiano