Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Níger diz que EUA enviarão plano de retirada de tropas do país

Apesar do anúncio do Níger, representantes de Washington afirmam que as tropas no país devem continuar onde estão
Niger

30 de março de 2024

Na quarta-feira (27), o Níger anunciou que os Estados Unidos apresentarão em breve uma proposta para retirar seus soldados do país africano. O anúncio vem após o atual governo nigerino dizer que retiraria o país de um acordo de cooperação de 2012 com Washington.

O ministro do Interior do Níger, o general Mohamed Toumba, reuniu-se com a embaixadora dos EUA, Kathleen FitzGibbon, na quarta-feira (27), para discutir a questão, conforme anunciou o ministério em Niamey, a capital do país da África Ocidental.

FitzGibbon teria dito ao ministro que Washington “tomou nota da decisão” do Níger de se retirar do acordo militar e que desenharia um plano para a retirada dos mais de 1.000 soldados dos EUA atualmente lotados no país africano.

O general Mohamed Toumba (à direita) e o coronel Addramane Amadou (à esquerda), membros do Conselho Nacional de Proteção à Pátria do Níger, em Niamey, capital nigerina, 4 de setembro de 2023
O general Mohamed Toumba (à direita) e o coronel Addramane Amadou (à esquerda), membros do Conselho Nacional de Proteção à Pátria do Níger, em Niamey, capital nigerina, 4 de setembro de 2023 (AFP)

O porta-voz do Departamento de Estado dos EUA, Matthew Miller, recusou-se a comentar a afirmação do Ministério do Interior do Níger e disse que o status das tropas norte-americanas permaneceria da mesma forma por enquanto. Miller acrescentou que os EUA estão em contato com autoridades nigerinas para pedir esclarecimentos.

O anúncio de Niamey sobre o rompimento do acordo com Washington ocorreu no sábado (23), após uma visita de três dias de uma delegação de alto nível dos EUA para renovar o contato com a junta militar no país. Em meados de março, o Níger afirmou que o acordo de cooperação de 2012 tinha sido “imposto unilateralmente” por Washington. As tropas dos EUA foram estacionadas em uma base de drones na região com o objetivo anunciado de combater violência de jihadistas na África Ocidental.

*Com informações da agência AFP

Leia Mais

Quer receber nossa newsletter?

Destaques

AudioVisual

Podcast

EP 153

EP 152

Cotidiano