Pesquisar
Close this search box.

Evento celebra o legado de Marcus Garvey

17 de agosto de 2017

O dia 17 de Agosto marca os 130 anos do nascimento de Marcus Garvey, um dos precursores do pensamento pan-africanista.

Texto / Caroline Amanda
Imagem / Wikimedia Commons

A Associação Cultural Nova Flor organiza no dia 19 de Agosto, sábado, a partir das 15h, o encontro “Um povo, uma luta, um destino”. O evento acontece no Sindicato dos Comerciários, na Rua Francisco Ferraro, 53, Salvador, e serve de homenagem e reflexão sobre o legado de Marcus Garvey, um dos principais autores do pensamento pan-africanista.

O debate conta com a participação de Caroline Amanda Lopes Borges, que propõe uma discussão sobre o legado de Malcolm X enquanto a continuidade de Marcus Garvey, com Fábio Mandingo, que apresenta uma reflexão sobre a posição do povo negro entre os movimentos de direita e esquerda, e Marcio Paim, responsável por fazer um histórico do pan-africanismo e os movimentos de independência em África.

O encerramento da atividade fica por conta da banda de reggae Kebra Nagast.

 

Sobre a atividade, Caroline Amanda Lopes Borges, integrante do Coletivo Negro Carolina de Jesus da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), fez a seguinte reflexão:

Antecipando os 130 anos da falsa abolição no Brasil, Marcus Garvey nos convoca a refletir sobre poder por, para e pelo povo preto.

Certa de que a conjuntura transnacional para africanos em África ou em Diáspora se apresenta agudamente desfavorável, acredito ser o momento crucial para aproximar Garvey do cotidiano público e privado, econômico, político, religioso, cultural e ancestral das pessoas pretas de todo mundo.

Ouso dizer que jamais tivemos um momento tão propício e até mesmo pedagógico para constatar o quanto qualquer método tático e estratégico híbrido tenderá sempre a nos afundar em corrupções e cooptações travestidas de articulações bem intencionadas que se apresentam como meio para o bem coletivo, mas guardam em si como objetivo final o benefício pontual de poucos em nome de todos.

Garvey nos convoca para sentirmos, agirmos, construirmos como um só povo, para uma só luta, visando um só destino.

Leia Mais

Quer receber nossa newsletter?

Destaques

AudioVisual

Podcast

papo-preto-logo

Cotidiano