Olimpíadas 2024

Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Na Bahia, Museu Afro-Brasileiro recebe exposição itinerante ‘Vidas em Cordel’

O projeto é fruto de parceria com o Museu da Pessoa, um dos primeiros museus digitais do mundo
Imagem mostra uma mulher negra folheando uma obra em cordel em um estande repleto destas obras literárias.

Foto: Divulgação/ Thiago Gama

19 de outubro de 2023

A partir desta quinta-feira (19), o Museu Afro-Brasileiro da Universidade Federal da Bahia (Mafro), localizada no Pelourinho, em Salvador, recebe a exposição itinerante “Vidas em Cordel”. O projeto é fruto de parceria com o Museu da Pessoa, instituição pioneira entre os museus digitais do mundo.

A mostra oferece uma oportunidade de valorizar diferentes trajetórias de vida, tendo como ponto de partida uma das manifestações culturais mais significativas do Nordeste: os cordéis. O gênero literário popular na região já foi adaptado para obras do teatro, da televisão, e do cinema, como em “O Auto da Compadecida”, do diretor Guel Arraes. 

Para a curadoria, três renomados artistas foram convidados, sendo eles o poeta e cordelista Jonas Samaúma, o pesquisador do folclore brasileiro Marco Haurélio, especializado em cordel, e a xilogravadora Lucélia Borges.

Além das histórias, a arte da xilogravura também têm seu espaço de destaque na exposição. Em colaboração com o artista convidado Artur Soares — que colaborou com a construção visual dos cordéis —, Lucélia Borges também contribuiu com gravuras exibidas na mostra.

“Vidas em Cordel” estará em exposição no Mafro até o dia 9 de dezembro. A visitação poderá ser realizada de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h. 

A entrada é gratuita para crianças de até cinco anos (acompanhadas dos pais ou responsáveis) e para estudantes e professores da rede pública de ensino. Para os demais, a entrada na exposição possui o valor acessível de R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia entrada).

Serviço

Onde: Museu Afro-Brasileiro da Universidade Federal da Bahia – Terreiro de Jesus, s/nº – Centro Histórico (Pelourinho)

Quando: 19 de outubro a 9 de dezembro

Horário: Segunda a sexta-feira, das 9h às 17h (exceto feriados)Entrada: R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia)

  • Mariane Barbosa

    Curiosa por vocação, é movida pela paixão por música, fotografia e diferentes culturas. Já trabalhou com esporte, tecnologia e América Latina, tema em que descobriu o poder da comunicação como ferramenta de defesa dos direitos humanos, princípio que leva em seu jornalismo antirracista e LGBTQIA+.

Leia Mais

Quer receber nossa newsletter?

Destaques

AudioVisual

Podcast

papo-preto-logo

Cotidiano