Olimpíadas 2024

Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Eterno rei do futebol, Pelé pode entrar para o Livro dos Heróis e Heroínas da Pátria

A honraria é concebida a personalidades que tiveram papel fundamental na defesa ou na construção do país
Imagem em preto e branco mostra Pelé segurando um troféu.

Foto: Ricardo Stuckert / CBF

10 de novembro de 2023

A Comissão de Esporte do Senado aprovou, na quarta-feira (8), o projeto de lei 75/2023 que insere o nome de Edson Arantes do Nascimento, o Rei Pelé, no Livro dos Heróis e Heroínas da Pátria. A iniciativa é de autoria do senador Veneziano Vital do Rêgo (MDB–PB),

Criada em 1992, a honraria é concebida a personalidades que tiveram papel fundamental na defesa ou na construção do país. A homenagem é um reconhecimento ao atleta, visto como um dos maiores do mundo em todos os tempos. 

Além de ter sido ministro do Esporte, o rei do futebol foi um trunfo da diplomacia brasileira em missões internacionais, colaborando para projetar a imagem do Brasil como um país estável e confiável.

Desde cedo, Pelé mostrava talento quando o tema era futebol. O jogador iniciou sua trajetória no futsal e logo passou para os gramados. Aos 15 anos foi contratado pelo Santos, em 1956. Dez meses depois, disputou sua primeira partida internacional com a seleção brasileira.

Convocado para sua primeira Copa do Mundo em 1958, ele marcou o seu primeiro gol em na vitória por 1 x 0 sobre o País de Gales, pelas quartas de final, quando tinha 17 anos, sete meses e 24 dias. O feito lhe rendeu o mérito de ser o jogador mais jovem a marcar um gol no torneio mundial.

Ao longo da sua carreira profissional, Pelé arrematou três Copas do Mundo (1958, 1962 e 1970), outra conquista inédita. Além disso, foi reconhecido como melhor jogador do mundo sete vezes. O milésimo gol de Pelé, que entrou para a história, foi marcado no Maracanã, no dia 19 de novembro de 1969, na cobrança de um pênalti, em um jogo entre Santos e Vasco.

O jogador morreu em 2022, aos 82 anos, em São Paulo, em decorrência de falência múltipla de órgãos, consequências do câncer metastático no intestino, no pulmão e no fígado. Pelé foi sepultado na cidade Santos.

  • Mariane Barbosa

    Curiosa por vocação, é movida pela paixão por música, fotografia e diferentes culturas. Já trabalhou com esporte, tecnologia e América Latina, tema em que descobriu o poder da comunicação como ferramenta de defesa dos direitos humanos, princípio que leva em seu jornalismo antirracista e LGBTQIA+.

Leia Mais

Quer receber nossa newsletter?

Destaques

AudioVisual

Podcast

papo-preto-logo

Cotidiano