Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Conheça 3 judocas negros que vão representar o Brasil nas Olimpíadas de Paris

Rafaela Silva, veterana em Olimpíadas, e os estreantes Beatriz Souza e Leonardo Gonçalves fazem parte da lista dos dez convocados para os Jogos
A imagem mostra a atleta brasileira de judô, Beatriz Souza, ela é estreante nos Jogos Olímpicos de Paris 2024.

Foto: Comitê Brasileiro de Judô/Reprodução

7 de abril de 2024

Esporte olímpico desde 1964, o judô é a modalidade que mais vezes levou o Brasil ao pódio — 23 vezes na história. Nos Jogos Olímpicos de Paris, a modalidade terá 14 categorias individuais além do torneio por equipes. O Comitê Olímpico de Judô (CBJ) divulgou nesta quinta-feira (4) os dez judocas que vão representar o país. Conheça os atletas negros que vão lutar por mais um ouro. 

Rafaela Silva

Rafaela Silva começou a praticar judô no Instituto Reação, ONG criada pelo ex-judoca Flávio Canto. A judoca traçou uma carreira promissora e, em 2008, tornou-se campeã mundial sub-20. Três anos mais tarde, já entre os adultos, foi prata no Mundial de Paris (França). Em Londres 2012, acabou desclassificada na segunda luta após aplicar um golpe ilegal na húngara Hedvig Karakas. 

No ano seguinte ela trouxe a consagração: a atleta escreveu seu nome na história do esporte brasileiro ao se tornar a primeira judoca campeã mundial de judô. Nos Jogos Olímpicos Rio 2016, conquistou a medalha de ouro em sua cidade-natal, a primeira do Brasil naquela competição. Em 2022, ganhou novamente o título mundial. Em Paris, ela vai disputar na categoria de até 57kg.

Beatriz Souza

Tendo como referência o pai, que praticava judô, Beatriz Souza começou a praticar ainda criança, em Peruíbe, litoral de São Paulo. Aos 13 anos, foi para a capital. Lutou pelo Palmeiras e depois no Pinheiros, onde está atualmente. 

Beatriz defende a categoria pesado feminino (+78kg). Prata no Mundial de 2022, bronze no de 2023, Beatriz foi ao pódio nos Jogos Pan-Americanos de Santiago e, em dezembro, foi escolhida pelo Comitê Olímpico do Brasil (COB) como a melhor judoca do ano. Ela foi ouro no Grand Prix da Áustria de judô e aos 25 anos de idade, ela vai disputar pela primeira vez os Jogos Olímpicos. 

Leonardo Gonçalves

O judoca brasileiro de 28 anos Leonardo Gonçalves tem um currículo vitorioso: prata no Campeonato Mundial Júnior de Judô de 2015 , conquistou a medalha de prata na categoria -100 kg, bronze no Pan-Americano de judô em 2017 e foi ouro na mesma competição no ano seguinte.

Ele conquistou medalha de ouro na Áustria e deu um passo importante rumo aos Jogos Olímpicos de Paris, Leonardo também é um dos judocas estreantes na competição.

  • Patricia Santos

    Jornalista, poeta, fotógrafa e vídeomaker. Moradora do Jardim São Luis, zona sul de São Paulo, apaixonada por conversas sobre territórios, arte periférica e séries investigativas.

Leia Mais

Quer receber nossa newsletter?

Destaques

AudioVisual

Podcast

EP 153

EP 152

Cotidiano