Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Festival Quizomba 2024 celebra as culturas tradicionais em Londrina

Festival acontece entre os dias 10 e 14 de abril com exibições audiovisuais e roda de conversa
Trecho do filme "Terra sem Males", que será exibido no Festival Quizomba 2024, no dia 10 de abril.

Foto: Reprodução

8 de abril de 2024

Entre os dias 10 e 14 de abril, Londrina (PR) receberá a primeira parte do Festival Quizomba 2024, dedicado a evidenciar a herança das Culturas Tradicionais. Com uma programação diversificada, que inclui oficinas, debates, exibições audiovisuais e uma festa de encerramento, esta edição do festival será voltada para a celebração do “Abril dos Povos Originários”.

O objetivo do evento é destacar as expressões artísticas e culturais enraizadas na tradição oral, com influências africanas e indígenas, que desempenham um papel fundamental na formação da identidade cultural brasileira. As atividades serão realizadas em diversos locais, como o Cine Teatro Ouro Verde, a sede da Vila Cultural Alma Brasil e o Centro de Educação, Comunicação e Artes (CECA) da UEL.

A programação inclui a exibição do filme guarani “Terra sem Males” no dia 10, uma roda de conversa sobre arte indígena com o Coletivo Kokir no dia 11, uma oficina de grafismos Kaingang no dia 12 e o lançamento de livros do escritor Guarani Olivio Jekupé no dia 13. O encerramento está previsto para ser uma grande festa, com a presença de personalidades como a DJ Luciana Telles, a Mestra Penha e a rapper Katu Mirim, entre outros nomes.

O Festival é uma realização do Coletivo Quizomba, em parceria com a Vila Cultural Alma Brasil, a Comissão Universidade para os Indígenas (CUIA) e o Núcleo de Estudos Afro-Brasileiros (NEAB) da UEL, e conta com o apoio do Programa Funarte de Apoio à Ações Continuadas.


O representante da CUIA e docente do Departamento de Serviço Social (CESA) Wagner Roberto do Amaral, lembra que o Festival Quizomba já é um evento histórico e que vem pautando debates fundamentais para o ambiente acadêmico. “A integração entre o Quizomba e a CUIA tem sido orgânica e fundamental para que a gente fortaleça a luta contra o racismo na UEL e em Londrina”, conta em entrevista para a agência da UEL.

  • Giovanne Ramos

    Jornalista multimídia formado pela UNESP. Atua com gestão e produção de conteúdos para redes sociais. Enxerga na comunicação um papel emancipatório quando exercida com responsabilidade, criticidade, paixão e representatividade.

Leia Mais

Quer receber nossa newsletter?

Destaques

AudioVisual

Podcast

EP 153

EP 152

Cotidiano