Pesquisar
Close this search box.

Periferia Brasileira de Letras: projeto abre chamada para coletivos literários da região Norte

Projeto coordenado pela Cooperação Social da Fiocruz oferece bolsa de estudos durante seis meses
Imagem de uma biblioteca comunitária. Organizadores de bibliotecas comunitárias, editoras independentes, entre outros, podem se inscrever no projeto Periferia Brasileira de Letras.

Foto: Paulo Pinto/Agência Brasil

9 de junho de 2024

A Periferia Brasileira de Letras (PBL), projeto coordenado pela Cooperação Social da Fiocruz, está com chamada pública aberta para coletivos de literatura de territórios periféricos da região Norte do Brasil. A iniciativa, fruto de parceria com a Secretaria de Formação, Livro e Leitura do Ministério da Cultura (Minc), visa integrar novos coletivos à rede PBL, oferecendo uma bolsa de estudos mensal durante seis meses para participação nos ciclos de pesquisa.

Podem participar coletivos organizados formalmente ou informalmente que atuem nas áreas do livro, leitura, escrita, biblioteca, literatura e oralituras. As inscrições estão abertas até o dia 17 de junho e o regulamento, assim como o formulário de inscrição, estão disponíveis no site da Periferia Brasileira de Letras.

Os selecionados terão seis meses de atividades presenciais e virtuais, com destaque para a bolsa de estudos mensal destinada ao representante do coletivo. É necessário que o representante tenha acesso à internet e equipamento para participar das atividades virtuais.

Organizadores de saraus poéticos, rodas de slam, hip hop e batalhas de rima, grupos de contação de histórias, bibliotecas comunitárias, editoras independentes, entre outros, podem se inscrever. O representante deve possuir conta-corrente ativa e ser o único a receber o valor da bolsa durante os seis meses da etapa da Pesquisa PBL.

A Periferia Brasileira de Letras tem como objetivo principal a disputa por políticas públicas no campo do livro, leitura, escrita, literatura e bibliotecas para territórios periféricos. Atualmente, a rede é composta por 12 coletivos literários que atuam em oito estados, promovendo a territorialização de políticas públicas e a produção de conhecimento sobre literatura em favelas e periferias brasileiras.

Serviço 

Periferia Brasileira de Letras 

Período de inscrições: até 17 de junho

Inscrições: Formulário de inscrição 

Regulamento completo: Disponível aqui

  • Giovanne Ramos

    Jornalista multimídia formado pela UNESP. Atua com gestão e produção de conteúdos para redes sociais. Enxerga na comunicação um papel emancipatório quando exercida com responsabilidade, criticidade, paixão e representatividade.

Leia Mais

Quer receber nossa newsletter?

Destaques

AudioVisual

Podcast

EP 153

EP 152

Cotidiano