Olimpíadas 2024

Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Ministra Anielle Franco fará pronunciamento em rede nacional sobre dia da Consciência Negra

Mensagem da líder do Ministério da Igualdade Racial deve ressaltar o legado do Quilombo dos Palmares e sinalizar para os desafios futuros para pessoas negras
Imagem mostra Anielle Franco levantando um dos braços e sorrindo.

Foto: André Borges

19 de novembro de 2023

A ministra da Igualdade Racial, Anielle Franco, fará na noite deste domingo (19)  um pronunciamento em rede nacional em razão do Dia da Consciência Negra, celebrado em 20 de novembro. A expectativa é de que a fala seja veiculada em toda rede pública de radiodifusão às 20h.

Anielle deve apresentar uma mensagem para exaltar o legado do Quilombo dos Palmares, apontar para os problemas enfrentados pela população negra e destacar a resistência histórica no país.

A ministra também abordará a participação transversal da pasta em outros ministérios e o direcionamento de recursos com recorte para pessoas negras. O roteiro do vídeo foi entregue no dia 10 de novembro e terá a duração de aproximadamente três minutos.

Na sexta-feira (17), a ministra da Igualdade Racial fez uma coletiva de imprensa com canais de mídia negra, com a participação da Alma Preta. Durante o diálogo, foi apresentado que a pasta e a Secretaria de Comunicação desenvolveram um plano de comunicação antirracista para a administração pública.

A informação é de que o presidente Lula assinará decreto para criação de um Grupo de Trabalho Interministerial (GTI) com a responsabilidade de criar um “Plano de Comunicação Antirracista da Administração Pública” em 90 dias.

O GTI terá reuniões quinzenais e será composto por integrantes do MIR e da Secom, que convidarão pessoas da sociedade civil para os trabalhos. O grupo também terá o papel de desenvolvimento de mídias negras e de promoção de maior diversidade em publicidades e patrocínios do Estado.

  • Pedro Borges

    Pedro Borges é cofundador, editor-chefe da Alma Preta. Formado pela UNESP, Pedro Borges compôs a equipe do Profissão Repórter e é co-autor do livro "AI-5 50 ANOS - Ainda não terminou de acabar", vencedor do Prêmio Jabuti em 2020 na categoria Artes.

Leia Mais

Quer receber nossa newsletter?

Destaques

AudioVisual

Podcast

papo-preto-logo

Cotidiano