Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Espaço oferta cursos de tecnologia para jovens da favela do Jacarezinho, no Rio

A nova unidade do Espaço da Juventude inicia suas atividades com oferta de 500 vagas para cursos focados na indústria 4.0; matrículas abertas até quarta-feira (3)
Imagem de uma das pessoas beneficiadas pelo novo Espaço da Juventude na favela do Jacarezinho, no Rio de Janeiro.

Foto: João Matheus/Prefeitura do Rio

1 de abril de 2024

A Secretaria Especial da Juventude Carioca (JUVRio) anunciou, nesta segunda-feira (1º), a abertura de mais um Espaço da Juventude, localizado na favela do Jacarezinho, na capital fluminense. Essa é a sexta unidade inaugurada pela Prefeitura do Rio, com o objetivo de capacitar jovens de 15 a 29 anos para as oportunidades da Indústria 4.0.

“Este é o sexto Espaço da Juventude, uma rede de equipamentos públicos voltados para a formação e qualificação dos jovens para o mercado da Indústria 4.0. Cada um desses equipamentos tem capacidade para atender até 500 jovens ao mês e é um legado que a gente deixa para a cidade do Rio”, afirmou o secretário da Juventude, Salvino Oliveira em publicação.

No novo espaço na favela do Jacarezinho, serão oferecidos cursos de Mídias Digitais, Design de Games, Robótica, Programação Móvel, Indústria do Som (DJ), Impressão 3D, Operador de Drone, Indústria Avançada e Informática para Negócios. Desde a inauguração da primeira unidade, há menos de dois anos, o projeto já capacitou mais de dez mil alunos.

A unidade do Jacarezinho iniciará suas atividades com oferta de 500 vagas nos cursos de Informática para Negócios e Programação Móvel, com 250 vagas para cada curso. Os interessados podem se matricular até quarta-feira (3), acessando as redes sociais da secretaria pelo link. As aulas estão programadas para acontecer entre os dias 4 e 30 de abril, de segunda a sexta-feira, e oferecerão certificação.


Desde setembro de 2022, cinco unidades já foram entregues à população nos bairros Estácio, Cidade de Deus, Vigário Geral, Vargem Pequena e Madureira. A metodologia desses espaços de ensino visa desenvolver o senso crítico, colaborativo, investigativo, criativo, empreendedor e autoral dos jovens.

  • Giovanne Ramos

    Jornalista multimídia formado pela UNESP. Atua com gestão e produção de conteúdos para redes sociais. Enxerga na comunicação um papel emancipatório quando exercida com responsabilidade, criticidade, paixão e representatividade.

Leia Mais

Quer receber nossa newsletter?

Destaques

AudioVisual

Podcast

EP 153

EP 152

Cotidiano