Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Mostra de cinema africano acontece em SP e Salvador em setembro

Evento terá a presença de cineastas de Senegal e da Nigéria, e a exibição de 13 longas e 16 curtas de 12 nacionalidades diferentes

Texto: Redação I Imagem: Fiery Film Company

Imagem em preto e branco mostra uma mulher negra com uma pintura branca no rosto. A imagem faz parte de uma cena do filme MAMI WATA, que será exibido na mostra de cinema africano.

Foto: Foto: Fiery Film Company

30 de agosto de 2023

Uma mostra de cinema africano é atração para as próximas semanas nas cidades de São Paulo (SP) e Salvador (BA), com a exibição de 13 longas e 16 curtas, de 12 países diferentes do continente africano. O encontro terá a apresentação de filmes inéditos, com o destaque para a presença de filmes senegaleses e nigerianos.

Na capital paulista, as sessões ocorrem entre os dias 5 e 13 de setembro, no Cinesesc e no Centro de Pesquisa e Formação do Sesc. Já na capital baiana, entre 13 a 18 de setembro, no Glauber Rocha e Saladearte do Museu. O festival de cinema africano é realizado pelo SESC e conta com o apoio da embaixada da França no Brasil.

Uma das obras inéditas é o filme “MAMI WATA”, de C.J Obasi, um longa nigeriano vencedor do prêmio de melhor direção de fotografia, sob a responsabilidade da brasileira Lílis Soares, no Festival de Sundance (EUA). A narrativa conta sobre a história de duas irmãs que lutam para salvar a sua comunidade e defender Mami Wata, deusa das águas. Os dois, C.J Obasi e Lílis Soares, estarão no festival.

A curadoria de longas é assinada por Ana Camila Esteves e pelo cineasta e crítico nigeriano Dika Ofoma. “A nossa seleção deste ano nos deu a oportunidade de pensar em outros critérios que não levassem em conta somente as seleções dos grandes festivais”, observa Ana Camila. “Neste sentido, ficamos felizes de manter a nossa linha curatorial que privilegia títulos que muitas vezes não chegam no Brasil nem nos festivais do final do ano, muito menos nos circuitos comerciais”, conclui.

Outro momento aguardado do encontro é o diálogo entre duas gerações de cineastas senegaleses, com as exibições do jovem Alassane Diago e o experiente Moussa Sène Absa. Durante o festival, serão apresentados três filmes de cada um dos artistas. 

Serviço:

Mostra de Cinemas Africanos em setembro

São Paulo (SP): 5 a 13 de setembro: Cinesesc e Centro de Pesquisa e Formação do Sesc

Salvador (BA): 13 a 18 de setembro: Glauber Rocha e Saladearte do Museu

Cineastas africanos convidados: Moussa Sène Absa (Senegal), Alassane Diago (Senegal) e C.J. “Fiery” Obasi (Nigéria)

Ingressos para os filmes: R$ 24 (inteira), R$ 12 (meia), R$ 8 (credencial plena)

Atividades Paralelas: Entrada gratuita

Programação completa: mostradecinemasafricanos.com

Leia Mais

Quer receber nossa newsletter?

Destaques

AudioVisual

Podcast

EP 153

EP 152

Cotidiano