Pesquisar
Close this search box.

Nova série ‘Canal da Quebrada’ traz olhar da periferias para temas atuais

Em uma conexão Rio-São Paulo, a série transita, em 10 episódios, por temas como ativismo digital, meio ambiente, economia criativa, arte urbana e mercado da moda

Texto: Patricia Santos | Foto: Divulgação

Imagem mostra as apresentadoras do "Canal da Quebrada", MC Martina e Janaine Fernandes. Elas são mulheres negras e sorriem.

Foto: Foto: Divulgação

21 de setembro de 2023

A série “Canal da Quebrada” estreia na TV Brasil nesta quinta-feira (21), às 21h30, para levar a realidade das periferias e da juventude negra para a tela da televisão. A produção independente faz uma conexão entre as periferias do Rio de Janeiro e de São Paulo.

A atração é comandada pela dupla formada pela rapper MC Martina, do Complexo do Alemão (RJ), e a jornalista Jana Fernandes, da Zona Sul paulista. As duas mulheres negras sonham em ser influenciadoras digitais para ampliar as vozes das favelas. 

O programa contará em 10 episódios histórias de inovação protagonizadas por moradores das periferias. A série vai mostrar a busca da dupla de apresentadoras por pessoas que se destacam em suas áreas de atuação. Os episódios passam por temas como ativismo digital, meio ambiente, economia criativa, arte urbana e mercado da moda.

“Estou muito feliz por esse trabalho. A oportunidade de gravar potencializou o meu sonho de mostrar a potência das favelas para o mundo. Eu aprendi, me emocionei, me diverti. Só felicidade para esse lançamento”, comenta a jornalista Janaine Fernandes, que divide o comando do programa com a escritora e rapper MC Martina.

Investimento público em produções audiovisuais

O “Canal da Quebrada” é a primeira produção do Programa de Apoio ao Desenvolvimento do Audiovisual Brasileiro (Prodav/TVs Públicas) que chega à TV Brasil. A terceira edição do projeto, que foi lançado em 2018, contemplou 75 obras produzidas nas cinco regiões do país, que somam aproximadamente 238 horas de conteúdo.

O Prodav/TVs Públicas é uma parceria entre a Agência Nacional do Cinema (Ancine), o Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) e a Empresa Brasil de Comunicação (EBC) para incentivar a produção de conteúdo audiovisual regional e independente e fortalecer a oferta de conteúdos para as emissoras públicas de televisão.

Séries brasileiras de animação, ficção e documentais contempladas pelo Prodav começam a ser distribuídas em 18 de setembro a emissoras interessadas. Do total de obras participantes, 46 são documentários, 15 são animações e 14 são ficção. Voltados para todos os públicos, os programas foram escolhidos em janeiro de 2020, com o primeiro edital de seleção sendo publicado em março de 2018.

No âmbito do Prodav, a EBC tem a responsabilidade de acompanhar o processo de produção dos conteúdos audiovisuais, fazer a validação técnica e realizar a distribuição às emissoras públicas cadastradas.

Serviço

Série “Canal da Quebrada”

Onde: Canal da Quebrada, na TV Brasil

Quando: 21 de setembro, às 21h30

Reprise aos domingos, às 13h

Leia Mais

Quer receber nossa newsletter?

Destaques

AudioVisual

Podcast

papo-preto-logo

Cotidiano