Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Seleção Brasileira perde nos pênaltis e adia sonho do hexa

Nos pênaltis, a Canarinho perde para a Croácia e deixa a Copa nas quartas de final; foi a 6ª vez que seleção perdeu nesta fase da competição

Imagem: Gabriel Bouys/AFP

Foto: Imagem: Gabriel Bouys/AFP

9 de dezembro de 2022

Apesar do favoritismo, a seleção brasileira é eliminada nas quartas de final da Copa do Mundo, derrotada pela Croácia na disputa por pênaltis. O resultado repete o histórico da seleção nessa fase de Copa. Nas 10 edições, entre 1986 e 2022, a seleção foi eliminada nas quartas de final em cinco oportunidades. A última eliminação nas quartas de final foi justamente no último mundial, na Rússia, em 2018, quando o Brasil foi derrotado pela Bélgica por 2 a 1. Desta vez, na decisão por pênaltis o resultado foi 4 a 2 para a Croácia. 

Há 16 anos, na edição de 2006, Brasil e Croácia faziam o primeiro dos três embates entre os dois países em Copas. O Brasil venceu por 1 a 0, gol de Kaká. Oito anos depois, novo triunfo canarinho, 3 a 1 na abertura da Copa de 2014, com gols de Neymar (2x) e Fred. O empate de hoje, seguido de derrota nos pênaltis marcou o primeiro encontro entre Brasil e Croácia em mata-matas. O histórico do confronto ainda registra dois amistosos com um empate, em 2005, e uma vitória brasileira, em 2018.

Como foi a partida

No tempo regulamentar, um jogo truncado, com o Brasil construindo as melhores oportunidades e parando no goleiro Livaković. Com o empate no marcador, a partida foi para a prorrogação. Depois de 15 minutos sem grandes oportunidades, no último minuto do primeiro tempo, Neymar fez o primeiro gol da partida. O camisa 10 arrancou pelo meio e tabelou duas vezes. Primeiro com Rodrygo, depois com Paquetá, quando recebeu frente  ao goleiro. Ele driblou o arqueiro croata e balançou a rede para o Brasil.

Aos 11 minutos do segundo tempo, num balde de água fria, a seleção croata chegou ao empate. Em contra-ataque, Oršić recebeu na ponta esquerda, partiu em velocidade e fez um cruzamento rasteiro para o meio da área. Petković bateu de primeira, de pé esquerdo e contou com desvio no zagueiro Marquinhos, para tirar o goleiro Alisson da foto. Com o placar em 1×1 o jogo foi para os pênaltis.

Nas penalidades máximas, a seleção brasileira, comandada por Tite, desperdiçou metade das cobranças. O jovem Rodrygo parou no goleiro Livaković e Marquinhos acertou a trave. Enquanto isso, Pedro e Casemiro balançaram as redes. Do lado da Croácia, Vlašić, Majer, Modrić e Oršić fizeram os gols.

Desempenho do Brasil em Copas do Mundo

Em se tratando de decisão por pênaltis em Copas do Mundo, o Brasil têm duas derrotas – contra a França, em 1986; e para a Croácia, em 2022 – mas, possui três vitórias – contra a Itália, em 1994; a Holanda, em 1998; e o Chile, em 2014. 

É a seleção mais bem-sucedida da história do futebol mundial, sendo a recordista em conquistas em Copas do Mundo, com cinco títulos invictos (1958, 1962, 1970, 1994 e 2002) e quatro títulos da Copa das Confederações FIFA (1997, 2005, 2009 e 2013).

No Catar, o Brasil marcou oito gols e sofreu três, somando três vitórias (Sérvia, Suíça e Coreia do Sul), um empate (Croácia) e uma derrota (Camarões).

Leia mais: Mbappé e Neymar estão entre os 10 salários mais altos da Copa do Mundo

Leia Mais

Quer receber nossa newsletter?

Destaques

AudioVisual

Podcast

EP 153

EP 152

Cotidiano