Pesquisar
Close this search box.

Filme dirigido por jornalista negra investiga universo de crianças influenciadoras

Documentário mostra quem lucra por trás de crianças e adolescentes que trabalham online
Imagem mostra o rosto da jornalista Nathália Braga. Uma mulher negra retinta, de cabelo crespo curto. Ela sorri para foto.

Foto: Victor Marinho

20 de outubro de 2023

Idealizado, produzido e dirigido pela jornalista Nathália Braga, o documentário “Infância na Caixa” mostra o mundo por trás de crianças e adolescentes influenciadores, que, para além de memes e brincadeiras, representam um mercado lucrativo para as grandes empresas através de milhões de visualizações em redes sociais como YouTube, TikTok e Instagram.

O filme investiga o impacto e os riscos da indústria de influencers infantis a partir dos relatos de três famílias, que se deparam com uma indústria feroz e exploradora. A jornalista apresenta o histórico da publicidade infantil irregular liderada por big-techs e o mercado publicitário, que dificultam políticas de privacidade no Brasil.

“Ser influenciador é uma profissão relativamente recente que entrou para a lista de desejos das crianças. Porém, como muitas carreiras artísticas, se tornar criador de conteúdo na internet é uma atividade que pode se iniciar muito antes dos 18 anos de idade, mas estamos falando de crianças. Elas não podem trabalhar (nem de brincadeira) e, desde 2014, não podem ser público-alvo de conteúdos publicitários”, explica Nathália.

O Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente (CONANDA) atestou que pessoas de até 12 anos de idade sequer conseguem diferenciar o que é entretenimento do que é publicidade.

“Isso significa estar vulnerável. O lucro sobre a presença infantil na internet tem muitos caminhos diferentes. O rastreio de hábitos de consumo com venda de dados sensíveis é um deles. As mesmas redes sociais onde as crianças mantêm e assistem canais de conteúdo infantil, já coletaram esses dados e venderam de forma imoral. Além disso, já foi comprovado que algoritmos identificam momentos de baixa autoestima em meninas e oferecem publicidade baseada neste estado emocional”, aponta a jornalista.

A pré-estreia será no sábado (21) no Instituto de Arquitetos do Brasil, no Rio de Janeiro, a partir das 17h. Após a exibição haverá um debate com a presença de Nathália.

Sobre Nathália Braga

Formada em Comunicação Social pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), a jornalista e criadora de conteúdo Nathália Braga começou a carreira como repórter televisiva no canal MultiRio, onde fez cobertura de eventos, entrevistas com especialistas e estudantes, além de realizar locuções para a Prefeitura Municipal do Rio de Janeiro.

Com fluência em inglês, trabalhou como apresentadora e repórter no The Intercept Brasil. Tem ampla experiência em entrevistas, apresentações, transmissões ao vivo, locuções, palestras e mediações. Além disso, é co-fundadora do Influência Negra, onde dirigiu e apresentou o podcast da plataforma, vencedor do prêmio Sim à Igualdade Racial.

Em 2022, foi reconhecida pelo LinkedIn como Top Voice enquanto parte da jovem geração que promove debates inovadores no país. No mesmo ano, foi selecionada para o programa de aceleração Black Voices Fund, do YouTube, do qual é fellow. Também é TEDx Speaker, atua como mestre de cerimônias e ministra palestras sobre comunicação, empreendedorismo e sexualidade, além de apresentações inspiracionais.

Nas redes sociais, Nath Braga publica conteúdos que mesclam informação acessível com leveza para mais de 57 mil seguidores. Entre as pautas abordadas pela pós-graduanda em Sexualidade Humana estão comportamento adulto, educação, viagens, vivências pessoais e os bastidores do jornalismo.

Serviço
Pré-estreia do documentário “Infância em caixa”

Quando: 21 de outubro, sábado, 17h
Onde: Instituto de Arquitetos do Brasil (IAB-RJ)
Rua do Pinheiro, 10 – Flamengo, Rio de Janeiro – RJ
A entrada é gratuita.

  • Redação

    A Alma Preta é uma agência de notícias e comunicação especializada na temática étnico-racial no Brasil.

Leia Mais

Quer receber nossa newsletter?

Destaques

AudioVisual

Podcast

papo-preto-logo

Cotidiano