Olimpíadas 2024

Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Documentário sobre estética preta estreia em São Paulo

13 de abril de 2018

“Quem te Penteia?” aborda aspectos relacionados à autoestima e à ancestralidade por meio de entrevistas com moradores de regiões periféricas, cabeleireiros, trançadeiras e barbeiros

Texto / Divulgação
Fotos / Nina Vieira

O documentário “Quem te Penteia” será lançado na próxima segunda-feira (16) às 20h, no Centro Cultural Olido pela Zaika Produções. Ancestralidade, vínculo do indivíduo com a sua terra e conexão entre cabelos com aspectos socioculturais são os condutores do trabalho.

Idealizado e desenvolvido pela Zaika Produções, especializada em pesquisar e registrar o cotidiano e as experiências da população preta e periférica, o média-metragem ouviu relatos e histórias de trançadeiras, cabeleireiros, barbeiros e moradores de Capão Redondo, Grajaú e Jardim Miriam, na Zona Sul; Itaquera e Guaianases, na Zona Leste; e da região central de São Paulo.

As pessoas entrevistadas e retratadas em “Quem te Penteia?” falam sobre a relação do indivíduo com o cabelo por meio de aspectos diversos e perspectivas variadas, como a questão era pela liberdade de expressão, busca pela própria identidade e pela sustentabilidade financeira, além do ato de vaidade, retratado na produção também.

claudiaborgesquemtepenteia

Cláudia Borges é uma das entrevistadas, cabeleireira e trançadeira que atua à domicílio (Foto: Nina Vieira)

“Nosso recorte valoriza a relação que os profissionais da beleza estabelecem com seus clientes e como são fundamentais para a permanência e disseminação de culturas e tradições”, explica Nina Vieira, diretora de arte do documentário.

“Por outro lado, o documentário evidencia a busca constante da população preta e periférica em ser e viver da forma mais livre possível. A relação do cabelo é parte disso”, reforça Nina.

Algumas das pessoas retratadas pelo documentário são Sereia Maria, que fala sobre como a relação com o cabelo mudou após entrar para o candomblé; Raul Paixão, morador do Capão Redondo, que se tornou o cabeleireiro da comunidade LGBT na região; Amanda Coelho – ou melhor: Diva Green -, cabeleireira conhecida pelos cortes ousados de cabelos e que passou a produzir cantoras negras da atualidade; Julia Mayeto, imigrante angolana que faz tranças em cabelos para sustentar-se financeiramente no Brasil; e Josyas Barbershop, líder e fundador de uma das barbearias mais tradicionais e famosas entre rappers brasileiros desde os anos 1990.

raulpaixaoquemtepenteia

Raul Paixão, cabeleireiro na região do Capão Redondo (Foto: Nina Vieira)

Naná Prudêncio, produtora audiovisual, diretora fotográfica e fundadora da Zaika Produções, destaca que o objetivo é que o filme dialogue e crie identificação com a periferia. “Respeitamos as gírias e formas de se expressar de cada personagem. Queremos que quem assista sinta que esses bairros e pessoas foram representados com autenticidade, cuidado e respeito”, disse.

Programação

A exibição tem entrada franca, mas o público deverá chegar com uma hora de antecedência na Galeria Olido, localizada na Av. São João, 473 no Centro de São Paulo, para retirar os ingressos.

Após a exibição, “Quem te Penteia?” será exibido em bairros periféricos e demais espaços.

Leia Mais

Quer receber nossa newsletter?

Destaques

AudioVisual

Podcast

papo-preto-logo

Cotidiano