Olimpíadas 2024

Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Deputada negra do RJ denuncia ameaça de morte e ofensas racistas

Em rede social, a ministra da Igualdade Racial, Anielle Franco, manifestou solidariedade e apoio à deputada estadual Renata Souza
Na foto, a deputada estadual Renata Souza durante audiência pública na Alerj.

Foto: Reprodução / Instagram

12 de junho de 2024

A deputada estadual Renata Souza (PSOL-RJ) usou as redes sociais para denunciar que recebeu ataques racistas e ameaça de morte através de seu e-mail institucional da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj).

A mensagem foi endereçada aos membros da equipe e contas pessoais da parlamentar. Com ofensas racistas e misóginas, o texto chama a deputada de “macaca” e insinua que a mataria dentro do próprio gabinete. O remetente informa o próprio nome e alega que, por ser menor de idade, sairá impune.

O agressor diz ter o endereço e outros dados pessoais da vítima e ameaça alvejá-la com um tiro.  Ele ainda deixa claro não tolerar ser governado por mulheres pretas. O caso foi registrado na Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância (Decradi) como racismo e ameaça.

Na denúncia, Renata Souza afirma que as ameaças não irão abalar sua luta por um mundo com justiça social, respeito e dignidade.

“Eu, mulher preta, favelada e grávida, que carrego em meu ventre uma nova vida, um novo futuro. Também carrego a luta em defesa das favelas e das periferias, das mulheres, da população LGBTI+. Tudo isso me torna um alvo de ódio, de discursos misóginos, racistas e violentos, que tentam intimidar e frear minhas ações junto com coletivos de resistência. Mas não serei interrompida!”, comenta a deputada.

Em outra postagem na rede social, a ministra da Igualdade Racial, Anielle Franco (PT), ofereceu solidariedade e apoio à deputada.

“Uma mulher e parlamentar preta, favelada e grávida, lutando pelas favelas, periferias, mulheres e população LGBTI+, incomoda muitas pessoas, mas nós reafirmamos que a violência politica não é compatível com a democracia”, publicou Anielle Franco.

Não é a primeira vez que Renata Souza é alvo de racistas na internet. Em novembro de 2023, a parlamentar abriu um boletim de ocorrência após ter sido chamada de “macaca” em um comentário de uma publicação que discutia racismo algorítmico.

  • Verônica Serpa

    Graduanda de Jornalismo pela UNESP e caiçara do litoral norte de SP. Acredito na comunicação como forma de emancipação para populações tradicionais e marginalizadas. Apaixonada por fotografia, gastronomia e hip-hop.

Leia Mais

Quer receber nossa newsletter?

Destaques

AudioVisual

Podcast

papo-preto-logo

Cotidiano